Terça-feira, 10 de Novembro de 2009
Peixe palhaço

O colorido de seu corpo chama a atenção. Pode-se dizer que é um peixe exótico, cuja cor laranja e as tiras brancas ou azuladas, assim como a maneira desalinhada e desajeitada de nadar, dão sentido ao nome: Peixe-Palhaço. Seu habitat natural são as águas tropicais e subtropicais, principalmente os recifes de corais do Indo-Pacífico, mas podem ser encontrados, em menor quantidade, no Caribe e no Mar Vermelho.

O Peixe-Palhaço vive nas anêmonas que ficam em pequenas colônias.

 

 

Com este video pretendemos mostrar a relação do peixe palhaço com a anemona.



publicado por animais-marinhos às 14:29
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 9 de Novembro de 2009
O Golfinho

O golfinho é um mamífero aquático altamente  inteligente, a quem foi atribuído o salvamento de muitos náufragos no meio de destroços, sempre foi tido como um dos melhores amigos do Homem no oceano. O maior dos golfinhos de focinho deve o seu nome ao seu bico comprido, a fazer lembrar o gargalo de uma garrafa.

 
 
 B.I.
Ordem: Cetacea
Família: Delfins
Género : Tursiops
Espécie: Tursiops Trucatus
Estado: Comum
Unidade social:
Variável
Comprimento: 1,9m-4m
Peso: 500 kg
Maturidade Sexual: Fêmea: 5-12 anos; Macho: 9-13 anos
Época de acasalamento: Março e Abril
Período de Gestação: 12 meses
Número de crias: 1
Intervalo de procriação: 2-3 anos
Dieta: Variada gama de peixes e mariscos
Longevidade: 12-40 anos, podendo atingir os 50 anos
 

 

Este video falanos mais sobre o golfinho e sobre a sua estrutura.



publicado por animais-marinhos às 16:05
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 26 de Outubro de 2009
Salmão

 

O salmão é um peixe que nasce no rio e depois vai morar no mar, o que não é muito habitual.

Este peixe tem o que se chama de «memória olfactiva», isto é, lembra-se dos cheiros. Com isso ele consegue sempre voltar ao lugar onde nasceu e, quando chega a época de ter filhos, vai rio acima até lá chegar.

Quando viajam, em grandes cardumes,     fazem tudo ao mesmo tempo, como se     tivessem ensaiado.

Fazem tanto barulho e ocupam tanto     espaço todos juntos que parecem um só    peixe enorme, mas a ideia é essa mesmo: assustar os inimigos.



publicado por animais-marinhos às 16:03
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009
Cavalo Marinho

 O cavalo-marinho é um peixe muito, muito estranho. A cabeça é parecida com a de um cavalo, o corpo é comprido e está coberto com umas placas que parecem ossos. 

O cavalo-marinho é um dos poucos peixes que nada de pé. Para nadar de pé usa a ajuda das barbatanas que tem nas costas e na cauda. 

E com a ajuda da sua boca comprida, o cavalo marinho consegue comer um pouco de tudo, mas tem que ser pequeno.  Come peixes, crustáceos e bichos muito pequenos que há na água e mal se vêem.  O cavalo-marinho não tem dentes aspira os alimentos. Na época de acasalamento, o macho dança com a fêmea, roçando a barriga um no outro. 


Assim, a fêmea coloca os seus ovos numa bolsa da barriga do macho que os conserva lá até os bebés nascerem. Sendo assim quem
dá a luz são os machos. O cavalo-marinho nada muito mal porque ao desloca-se desenrola a cauda, dobra o corpo e agita as barbatanas das costas.
Passa quase o seu tempo sempre agarrado às plantas marinhas.

B.I.

Tamanho: castanho claro
Revestimento do corpo: corpo coberto por placas dérmicas formando uma couraça que protege dos inimigos.
Número de membros: 1 membro
Grupo que pertence: peixes
Onde vive: águas calmas
Como se alimenta: pequenos moluscos, vermes, crustáceos e plâncton
Como se reproduz: o pai é quem transporta e dá a luz os bebés
Curiosidade: conforme o sítio onde esta muda de cor
 

 



publicado por animais-marinhos às 15:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | adicionar aos favoritos
|

Sexta-feira, 9 de Outubro de 2009
Peixe Lua

O peixe-lua é o maior peixe ósseo do mundo, podendo atingir mais de 3 metros de comprimento e pesar mais de duas toneladas!

Esta criatura dócil deita-se frequentemente à superfície da água, deixando-se levar pela corrente. Este comportamento permite-lhe equilibrar a temperatura corporal após consecutivos mergulhos em águas profundas e mais frias.

As fêmeas produzem até 300 milhões de ovos de cada vez, que são libertados para a água e fecundados pelos machos.

Devido à sua natureza delicada e aos movimentos lentos, estes peixes são facilmente capturados por redes à deriva e por outros métodos de pesca. Como consequência as populações poderão estar em declínio.

 

B.I.

Nome: Peixe-lua
Nome Científico: Mola mola (Linnaeus, 1758)
Família: Molidae
Grupo: Peixes Ósseos
Classe: Peixes
Tamanho: 201-400 cm.

 
 


publicado por animais-marinhos às 15:58
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos
|

.mais comentados
2 comentários
1 comentário
.Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.links